03/02/2008

Soluço do Rio



Soluço do Rio

Meu rio, saudade me chamaste...
E em mim a alegria iluminou-se,
soluça de dor temendo que eu fosse
deixando-te amigo, sem mirarte!

Na noite enluarada murmuraste
toda mágoa e beleza que um dia trouxe,
eras grande e belo, límpido, doce
e agora em nada te tornaste!

Soluça baixinho na tua calma,
dolorosamente sente dor na tua alma
sabendo que nada mais resta da beleza.

Flores, folhas no teu leito caindo
suaviza a dor e o torna lindo,
forma a singela toalha de mesa!

Marta Peres

4 comentários:

[>Dallai<] disse...

Parabéns pelo seu blog. Tomei a liberdade de publicar um poema seu lá no meu, mas com os créditos e o endereço devidamente registrados!
Um abraço!

Edson Marques disse...

O acaso me trouxe aqui.


Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.


Abraços, flores, estrelas..

nolivia disse...

Cara poetisa,ficou linda sua pagina de poesias,tu és uma poetisa encantadora,alma linda e um coraçao divino...ja te conheço algum tempo e aprecio o teu trabalho e dedicaçao...abraços poeticos

Aluguel de Computadores disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Aluguel de Computadores, I hope you enjoy. The address is http://aluguel-de-computadores.blogspot.com. A hug.